Me diga o que dói, falarei a emoção internalizada.

Nos dias atuais ainda é um pouco estranho, para muitas pessoas, aceitarem que as doenças e as emoções estão ligadas.

Toda doença é acúmulo de energia negativa acumulado em seu corpo!

Com o sofrimento emocional nossas células produzem cortisol, o hormônio do stress, e com a repetição desta descarga hormonal em seu organismo, você vai ficando cada vez mais debilitado, a ponto de adoecer.

Existe a somatização → quando uma pessoa apresenta sintomas físicos mesmo não havendo uma doença física, a causa é emocional. O sofrimento físico é um reflexo do sofrimento emocional, que está escondido.

Existem doenças iniciadas por sofrimento emocional, vão desde alergias, bulimia, infertilidade e diabetes. As aflições emocionais podem ter ocorrido na infância, como separação da criança da mãe, ou abusos que a criança sofreu, podendo ser abusos verbais, ou físicos.

Assim ̩ gerado uma cren̤a, algo repetidamente com forte impacto emocional, aonde a crian̤a (viu Рouviu Рsentiu), podendo ser atrav̩s de a̵̤es contra esta crian̤a como: apanhar, xingar etc..

Existem eventos estressantes, não só na infância, mas em qualquer fase da vida, morte de alguém próximo, mudança de casa, insatisfação no trabalho, ou problemas conjugais, tudo pode desencadear um evento pós-traumático desencadeando uma doença psicossomática.

Com isso o corpo envia a informação que o emocional não está bem, através de pequenos sinais, quando não percebidos e avaliados, se tornam doenças.

O sofrimento mental é tão importante quando os nossos órgãos, muitos entendem como sendo um sinal de fraqueza quem chora, ou desabafa seus sentimentos, mas na verdade quem não resolve suas dores internas, o seu corpo o fará secretamente, se manifestando uma válvula de escape, para aliviar a magoa, rancor fazendo seu corpo ficar doente.

“Todo sentimento negativo, irá se manifestar em seu corpo”

A seguir, você vai conhecer uma relação de algumas doenças, e suas prováveis causas:

Abscessos: A pessoa se sente ferida, menosprezo, vingança.

Acne: Individualidade ameaçada, não se aceita.

Alzheimer: Recusando-se a encarar a vida, desesperança e impotência.

Amigdalite: Emoções, criatividade sufocada, raiva reprimidas.

Anorexia: (falta de apetite) Ódio de si mesmo.

Ansiedade: Sua preocupação é um reflexo de sua falta de confiança na vida, no Universo, reavalie sua postura frente a tudo isto.

Câncer: Ressentimento profundo.

Catarata: Futuro pouco claro; inabilidade de ver a frente.

Caxumba: Sentimento de impotência.

Celulite: Preso a sofrimentos da primeira infância.

Coceira: Desejos insatisfeitos, ânsia por alguma coisa, irritação, remorso, punição e culpa.

Coceira vaginal: expectativas frustradas em relação ao prazer, ou ao parceiro.

Depressão: Raiva da vida.

Desmaios: Medo de não poder conviver ou enfrentar algo, apagar-se de tudo.

Diabetes: Profundo sentimento de mágoa, tristeza profunda.

Dor de ouvidos: Raiva, não querer ouvir.

Estomago (problemas): Incapacidade de assimilar idéias e novas experiências.

Excesso de peso: Insegurança, auto rejeição; procura de amor.

Febre: Queimar-se de raiva.

Frieira: Medo de não ser aceito, resistência ao progresso.

Furúnculo: Raiva.

Gota: Impaciência, raiva, dominação.

Herpes:  Prolongada suspensão nervosa.

Insônia: Tensão, culpa, medo.

Tosse: Nervosismo, amolação, crítica.

Vícios: Fuga.

Vômito: Rejeição violenta de ideias.

A lista é longa, está é uma pequena amostra de como os nossos sentimentos afetam o nosso corpo, a solução é ter uma vida saudável e equilibrada. Mas atualmente como podemos fazer isso?

Através da terapia “processo em que a escuta é qualificada” é possível ressignificar e dar um novo olhar para seu sofrimento, acredite, para ter tanta dor existe uma criança chorando dentro de você, é possível você fazer as pazes com o seu passado e com você mesmo😉

Ficou interessado? Entre em contato!

Me siga no instagram @ritasantosterapia

Rita Santos🦋

Especialista em transformar vidas.