Voc√™ tem algum desses sinais?

⠀
1- Os sensitivos sabem das coisas sem que lhes diga: sabe quando algu√©m est√° sendo falso, sabem quando algu√©m est√° mentindo. O sensitivo t√™m intui√ß√Ķes fortes, sabe dizer se voc√™ deve ou n√£o fazer uma coisa, por mais que n√£o saiba explicar bem o porqu√™. ‚ÄúAlguma coisa me diz que voc√™ n√£o deve fazer isso‚ÄĚ, √© uma frase t√≠pica de um sensitivo que n√£o tem muito dom√≠nio de suas intui√ß√Ķes.
⠀

2- Os sensitivos n√£o costumam se sentir bem em multid√Ķes. S√£o muitas pessoas juntas e ela absorve a energia de todas elas, o que pode gerar uma confus√£o interna. Isso sobrecarrega um sensitivo com um turbilh√£o de emo√ß√Ķes.
⠀
3- Esse é um fardo carregado pelos sensitivos, eles absorvem as energias alheias. Quando as energias são positivas, ótimo, mas o que é complicado é que os sensitivos são pessoas que têm muita compaixão pela dor do outro, e acaba tomando-a para si.
⠀
4- Os sensitivos conseguem sentir quando as pessoas que eles amam est√£o tristes, est√£o magoados, se machucam e mesmo quando est√£o doentes, eles acabam sentindo os mesmo sintomas deles.

5- Muitos sensitivos acabam procurando v√°lvulas de escape para descarregar tanta energia dos outros acumulada, tantas emo√ß√Ķes absorvidas. Ent√£o √© comum que eles se ancorem em v√≠cios, em menores ou maiores propor√ß√Ķes. √Č preciso tomar cuidado para que esse mecanismo de prote√ß√£o n√£o se torne um problema. Eu especificamente n√£o concordo com esse trecho do texto, acredito sim, que somos catalisadores, algo para ser trabalhando.


Esses sinais ou dores poucas pessoas contam, devido ao estigma que existe sobre as pessoas com a sensitividade mais aflorada. Para n√£o passar pela vergonha ou pecha de ‚Äúdoido‚ÄĚ, os sensitivos guardam suas dores. E isso n√£o faz bem a ningu√©m.
⠀
Fonte: Diário Espírita.

Em atendimentos vejo o quanto existem pessoas no mundo que s√£o sensitivos e n√£o sabem, e ficam buscando explica√ß√Ķes para tudo que v√™ e sente, mais vejo que a cada dia mais estamos sendo convidados a olhar para dentro de n√≥s! Eu lhe pergunto j√° se ouviu hoje? J√° se agradou hoje? ou voc√™ est√° vivendo para agradar o MUNDO com medo de n√£o ser aceito?

Trabalhe suas quest√Ķes de medo e rejei√ß√£o em terapia, √© uma √≥tima ferramenta para voc√™ se ouvir, e trabalhar sua sensibilidade!

Ficou interessado em saber mais sobre você? Entre em contato!

Rita Santos

Especialista em transformar vidas

Instagram: @ritasantosterapia

Whats: 011-98182-5508

Kundalini √© o poder do desejo puro dentro de n√≥s.

Kundalini é a nossa emanação do infinito, a energia do cosmos dentro de cada um de nós.

Como nossa energia criativa, ela pode ser imaginada como uma serpente enroscada adormecida na base de nossa coluna.

Uma energia adormecida dentro de nós que se desperta, expande nossa consciência.

Kundalini é a potencialidade de que todos nós somos capazes.

E quando n√≥s despertamos a nossa Kundalini, n√≥s nos tornamos c√īnscios de nossas capacidades criativas, de nossa finitude diante do infinito.

A kundalini torna possível a nós, seres humanos com identidades finitas, relacionarmos com nossas identidades infinitas.

E n√≥s tornamos isto poss√≠vel quando o nosso sistema glandular √© ativado e nosso sistema nervoso forte e estes s√£o combinados para se criar um movimento ou fluxo no fluido espinhal e uma sensitividade nas termina√ß√Ķes nervosas.

Nestas condi√ß√Ķes, o c√©rebro recebe os sinais e os integra.

Como resultado, toda nossa percepção se expande numa tremenda claridade.

Percebemos os efeitos e os impactos de uma ação antes dela acontecer.

Adquirimos o poder da escolha de agir ou n√£o.

A consciência nos dá esta escolha e a escolha nos dá liberdade.

Quando conseguimos um fluxo constante da Kundalini, é como se estivéssemos nos despertando de um longo cochilo, deixamos de viver numa realidade imaginária e nos tornamos compromissados com os nossos propósitos e metas aproveitando muito mais os prazeres da vida.

O nosso sistema foi construído para sustentar o despertar da energia Kundalini, resta nos saber se estamos usando-a em toda extensão desta potencialidade.

O fluxo da Kundalini é liberado a partir do Chakra do umbigo e sobe até o chakra coroa acima do topo da cabeça; aí a energia começa a descer passando pelos chakras até a base de nossa coluna.

Depois de alcançar o chakra raiz, ela volta para o centro do umbigo.

A ascensão da energia é o caminho para a liberação.

√Č chegar √† percep√ß√£o de que a realidade de Deus est√° dentro de cada um de n√≥s.

A ascensão da Kundalini é o desenroscar da consciência Deus, o testemunho da realidade do poder ilimitado que é a essência de nossas almas.

A descida da kundalini é o caminho da manifestação.

Os chakras se abrem nesta descida.

E assim que os chakras se abrem, a nossa ess√™ncia √© consolidada em nosso carater, nossos dons s√£o integrados em nossos comportamentos e a√ß√Ķes.

Nossos talentos se tornam uma parte pr√°tica em nossas vidas.

O que nos referimos como manifesta√ß√£o aqui s√£o as ‚Äúvibra√ß√Ķes‚ÄĚ que √© uma tradu√ß√£o aproximada do termo s√Ęnscrito Chaitanya.

Chaitanya (vibra√ß√Ķes) √© a for√ßa integrada de nosso ser fisiol√≥gico, mental, emocional e religioso.‚ÄĚ

Portanto a descida da energia Kundalini simboliza esse despertar de nosso potencial e nos traz a consciência de Deus para todas as nossas atividades cotidianas.

A iluminação, ou autorrealização é conquistada quando o ciclo de ascensão e descida, se completa.

Autorrealização é o nosso primeiro encontro com a Realidade.

O despertar da Grande Mãe dentro de nós, que a partir de então, irá cuidar de nós, nos dando toda proteção que precisamos.

A kundalini nos cura, nos melhora e nos confere todas as bênçãos.

Ela varre para fora de nossa realidade todas as nossas preocupa√ß√Ķes dos n√≠veis mais grotescos.

Kundalini é o poder do desejo puro dentro de nós, é a energia de nossa alma, de nossa consciência.

Kundalini é a nossa emanação do infinito, a energia do cosmos dentro de cada um de nós.

Como nossa energia criativa, ela pode ser imaginada como uma serpente enroscada adormecida na base de nossa coluna.

Uma energia adormecida dentro de nós que se desperta, expande nossa consciência.

Kundalini é a potencialidade de que todos nós somos capazes.

E quando n√≥s despertamos a nossa Kundalini, n√≥s nos tornamos c√īnscios de nossas capacidades criativas, de nossa finitude diante do infinito.

A kundalini torna possível a nós, seres humanos com identidades finitas, relacionarmos com nossas identidades infinitas.

E n√≥s tornamos isto poss√≠vel quando o nosso sistema glandular √© ativado e nosso sistema nervoso forte e estes s√£o combinados para se criar um movimento ou fluxo no fluido espinhal e uma sensitividade nas termina√ß√Ķes nervosas.

Nestas condi√ß√Ķes, o c√©rebro recebe os sinais e os integra.

Como resultado, toda nossa percepção se expande numa tremenda claridade.

Percebemos os efeitos e os impactos de uma ação antes dela acontecer.

Adquirimos o poder da escolha de agir ou n√£o.

A consciência nos dá esta escolha e a escolha nos dá liberdade.

Quando conseguimos um fluxo constante da Kundalini, é como se estivéssemos nos despertando de um longo cochilo, deixamos de viver numa realidade imaginária e nos tornamos compromissados com os nossos propósitos e metas aproveitando muito mais os prazeres da vida.

O nosso sistema foi construído para sustentar o despertar da energia Kundalini, resta nos saber se estamos usando-a em toda extensão desta potencialidade.

O fluxo da Kundalini é liberado a partir do Chakra do umbigo e sobe até o chakra coroa acima do topo da cabeça; aí a energia começa a descer passando pelos chakras até a base de nossa coluna.

Depois de alcançar o chakra raiz, ela volta para o centro do umbigo.

A ascensão da energia é o caminho para a liberação.

√Č chegar √† percep√ß√£o de que a realidade de Deus est√° dentro de cada um de n√≥s.

A ascensão da Kundalini é o desenroscar da consciência Deus, o testemunho da realidade do poder ilimitado que é a essência de nossas almas.

A descida da kundalini é o caminho da manifestação.

Os chakras se abrem nesta descida.

E assim que os chakras se abrem, a nossa ess√™ncia √© consolidada em nosso carater, nossos dons s√£o integrados em nossos comportamentos e a√ß√Ķes.

Nossos talentos se tornam uma parte pr√°tica em nossas vidas.

O que nos referimos como manifesta√ß√£o aqui s√£o as ‚Äúvibra√ß√Ķes‚ÄĚ que √© uma tradu√ß√£o aproximada do termo s√Ęnscrito Chaitanya.

Chaitanya (vibra√ß√Ķes) √© a for√ßa integrada de nosso ser fisiol√≥gico, mental, emocional e religioso.‚ÄĚ

Portanto a descida da energia Kundalini simboliza esse despertar de nosso potencial e nos traz a consciência de Deus para todas as nossas atividades cotidianas.

A iluminação, ou autorrealização é conquistada quando o ciclo de ascensão e descida, se completa.

Autorrealização é o nosso primeiro encontro com a Realidade.

O despertar da Grande Mãe dentro de nós, que a partir de então, irá cuidar de nós, nos dando toda proteção que precisamos.

A kundalini nos cura, nos melhora e nos confere todas as bênçãos.

Ela varre para fora de nossa realidade todas as nossas preocupa√ß√Ķes dos n√≠veis mais grotescos.

Libere sua Kundalini e viva sua vida intensamente, sem medos ou fuga.

Como liberar? Invista em autoconhecimento e fa√ßa sess√Ķes de Reiki para ativa-la.

Rita Santos

Esspecialista em Transformar vidas.

O Universo te ouve ūüėć

Eu sou grata por tudo que tenho, eu sou grata por todas as li√ß√Ķes que a vida me ensinou.

Continuar lendo O Universo te ouve ūüėć