Kundalini √© o poder do desejo puro dentro de n√≥s.

Kundalini é a nossa emanação do infinito, a energia do cosmos dentro de cada um de nós.

Como nossa energia criativa, ela pode ser imaginada como uma serpente enroscada adormecida na base de nossa coluna.

Uma energia adormecida dentro de nós que se desperta, expande nossa consciência.

Kundalini é a potencialidade de que todos nós somos capazes.

E quando n√≥s despertamos a nossa Kundalini, n√≥s nos tornamos c√īnscios de nossas capacidades criativas, de nossa finitude diante do infinito.

A kundalini torna possível a nós, seres humanos com identidades finitas, relacionarmos com nossas identidades infinitas.

E n√≥s tornamos isto poss√≠vel quando o nosso sistema glandular √© ativado e nosso sistema nervoso forte e estes s√£o combinados para se criar um movimento ou fluxo no fluido espinhal e uma sensitividade nas termina√ß√Ķes nervosas.

Nestas condi√ß√Ķes, o c√©rebro recebe os sinais e os integra.

Como resultado, toda nossa percepção se expande numa tremenda claridade.

Percebemos os efeitos e os impactos de uma ação antes dela acontecer.

Adquirimos o poder da escolha de agir ou n√£o.

A consciência nos dá esta escolha e a escolha nos dá liberdade.

Quando conseguimos um fluxo constante da Kundalini, é como se estivéssemos nos despertando de um longo cochilo, deixamos de viver numa realidade imaginária e nos tornamos compromissados com os nossos propósitos e metas aproveitando muito mais os prazeres da vida.

O nosso sistema foi construído para sustentar o despertar da energia Kundalini, resta nos saber se estamos usando-a em toda extensão desta potencialidade.

O fluxo da Kundalini é liberado a partir do Chakra do umbigo e sobe até o chakra coroa acima do topo da cabeça; aí a energia começa a descer passando pelos chakras até a base de nossa coluna.

Depois de alcançar o chakra raiz, ela volta para o centro do umbigo.

A ascensão da energia é o caminho para a liberação.

√Č chegar √† percep√ß√£o de que a realidade de Deus est√° dentro de cada um de n√≥s.

A ascensão da Kundalini é o desenroscar da consciência Deus, o testemunho da realidade do poder ilimitado que é a essência de nossas almas.

A descida da kundalini é o caminho da manifestação.

Os chakras se abrem nesta descida.

E assim que os chakras se abrem, a nossa ess√™ncia √© consolidada em nosso carater, nossos dons s√£o integrados em nossos comportamentos e a√ß√Ķes.

Nossos talentos se tornam uma parte pr√°tica em nossas vidas.

O que nos referimos como manifesta√ß√£o aqui s√£o as ‚Äúvibra√ß√Ķes‚ÄĚ que √© uma tradu√ß√£o aproximada do termo s√Ęnscrito Chaitanya.

Chaitanya (vibra√ß√Ķes) √© a for√ßa integrada de nosso ser fisiol√≥gico, mental, emocional e religioso.‚ÄĚ

Portanto a descida da energia Kundalini simboliza esse despertar de nosso potencial e nos traz a consciência de Deus para todas as nossas atividades cotidianas.

A iluminação, ou autorrealização é conquistada quando o ciclo de ascensão e descida, se completa.

Autorrealização é o nosso primeiro encontro com a Realidade.

O despertar da Grande Mãe dentro de nós, que a partir de então, irá cuidar de nós, nos dando toda proteção que precisamos.

A kundalini nos cura, nos melhora e nos confere todas as bênçãos.

Ela varre para fora de nossa realidade todas as nossas preocupa√ß√Ķes dos n√≠veis mais grotescos.

Kundalini é o poder do desejo puro dentro de nós, é a energia de nossa alma, de nossa consciência.

Kundalini é a nossa emanação do infinito, a energia do cosmos dentro de cada um de nós.

Como nossa energia criativa, ela pode ser imaginada como uma serpente enroscada adormecida na base de nossa coluna.

Uma energia adormecida dentro de nós que se desperta, expande nossa consciência.

Kundalini é a potencialidade de que todos nós somos capazes.

E quando n√≥s despertamos a nossa Kundalini, n√≥s nos tornamos c√īnscios de nossas capacidades criativas, de nossa finitude diante do infinito.

A kundalini torna possível a nós, seres humanos com identidades finitas, relacionarmos com nossas identidades infinitas.

E n√≥s tornamos isto poss√≠vel quando o nosso sistema glandular √© ativado e nosso sistema nervoso forte e estes s√£o combinados para se criar um movimento ou fluxo no fluido espinhal e uma sensitividade nas termina√ß√Ķes nervosas.

Nestas condi√ß√Ķes, o c√©rebro recebe os sinais e os integra.

Como resultado, toda nossa percepção se expande numa tremenda claridade.

Percebemos os efeitos e os impactos de uma ação antes dela acontecer.

Adquirimos o poder da escolha de agir ou n√£o.

A consciência nos dá esta escolha e a escolha nos dá liberdade.

Quando conseguimos um fluxo constante da Kundalini, é como se estivéssemos nos despertando de um longo cochilo, deixamos de viver numa realidade imaginária e nos tornamos compromissados com os nossos propósitos e metas aproveitando muito mais os prazeres da vida.

O nosso sistema foi construído para sustentar o despertar da energia Kundalini, resta nos saber se estamos usando-a em toda extensão desta potencialidade.

O fluxo da Kundalini é liberado a partir do Chakra do umbigo e sobe até o chakra coroa acima do topo da cabeça; aí a energia começa a descer passando pelos chakras até a base de nossa coluna.

Depois de alcançar o chakra raiz, ela volta para o centro do umbigo.

A ascensão da energia é o caminho para a liberação.

√Č chegar √† percep√ß√£o de que a realidade de Deus est√° dentro de cada um de n√≥s.

A ascensão da Kundalini é o desenroscar da consciência Deus, o testemunho da realidade do poder ilimitado que é a essência de nossas almas.

A descida da kundalini é o caminho da manifestação.

Os chakras se abrem nesta descida.

E assim que os chakras se abrem, a nossa ess√™ncia √© consolidada em nosso carater, nossos dons s√£o integrados em nossos comportamentos e a√ß√Ķes.

Nossos talentos se tornam uma parte pr√°tica em nossas vidas.

O que nos referimos como manifesta√ß√£o aqui s√£o as ‚Äúvibra√ß√Ķes‚ÄĚ que √© uma tradu√ß√£o aproximada do termo s√Ęnscrito Chaitanya.

Chaitanya (vibra√ß√Ķes) √© a for√ßa integrada de nosso ser fisiol√≥gico, mental, emocional e religioso.‚ÄĚ

Portanto a descida da energia Kundalini simboliza esse despertar de nosso potencial e nos traz a consciência de Deus para todas as nossas atividades cotidianas.

A iluminação, ou autorrealização é conquistada quando o ciclo de ascensão e descida, se completa.

Autorrealização é o nosso primeiro encontro com a Realidade.

O despertar da Grande Mãe dentro de nós, que a partir de então, irá cuidar de nós, nos dando toda proteção que precisamos.

A kundalini nos cura, nos melhora e nos confere todas as bênçãos.

Ela varre para fora de nossa realidade todas as nossas preocupa√ß√Ķes dos n√≠veis mais grotescos.

Libere sua Kundalini e viva sua vida intensamente, sem medos ou fuga.

Como liberar? Invista em autoconhecimento e fa√ßa sess√Ķes de Reiki para ativa-la.

Rita Santos

Esspecialista em Transformar vidas.

Quem cuida de voc√™?

Vejo em atendimentos que muitas pessoas cuidam de todos ao seu redor (pais, irmãos, filhos, companheiro(a), empresa e até os cachorros), mas essas pessoas muitas vezes não sabem receber cuidados.

Continuar lendo Quem cuida de voc√™?